Pilates solo ou Pilates em aparelhos? Entenda qual é o melhor investimento para o seu Studio.

6 minutos para ler

Muitas pessoas que pensam em abrir um Studio de Pilates têm dúvidas sobre investir em aparelhos ou incentivar exercícios apenas no modelo solo. A segunda opção acaba sendo mais barata, porém é limitante.

Neste texto, você entenderá quais as características do Pilates solo e com equipamentos, conferindo quais os aparelhos mais utilizados. Além disso, você entenderá para qual tipo de público cada um dos modelos é indicado.

Como são as principais características do Pilates solo e com equipamentos?

O Pilates solo se caracteriza pela utilização do próprio corpo do praticante para a realização dos exercícios. É importante lembrar que, nessa modalidade, ainda podem ser usados alguns acessórios, como as bolas e esteiras.

Muitos dos exercícios do Pilates solo se caracterizam por serem mais educativos. Isso significa que o seu foco está em melhorar a respiração e o centro de força e não em tonificar partes do corpo. Grande parte dessas posições foram idealizadas por Joseph Pilates (inventor do método).

Pilates com equipamentos

Também existe uma outra modalidade de Pilates na qual são utilizados equipamentos de exercícios para a execução dos movimentos. Para controlar a intensidade e a velocidade das atividades, utiliza-se molas de diferentes cores, cada uma representando um nível de intensidade diferente (sendo a amarela a mais leve e a preta a de maior intensidade).

Essas molas são as principais estruturas que compõem os aparelhos. Elas podem ser usadas de diferentes maneiras: tanto para tornar a execução mais fácil (por meio da redução do esforço que precisa ser feito) quanto para dificultá-la (causando resistência ou carregando parte do peso).

Com o modelo solo, não é possível fazer personalização, fazendo com que o aluno precise sempre fazer um maior esforço para realizar os exercícios propostos. Uma alternativa para pessoas que não querem uma alta intensidade já nas primeiras aulas é fazê-la com uma metodologia para iniciantes, com exercícios mais leves e que preparam o corpo para uma maior dificuldade futura.

Outra diferença perceptível em Studios de Pilates focados em solo ou aparelhos é a questão do preço. Por conta de caber menos alunos, os locais com aparelhos costumam cobrar um valor maior. Em Studios de Pilates solo, mais alunos podem ser acomodados, o que resulta em um preço menor, além da possibilidade de fechar um pacote de aulas em grupo.

Quais os equipamentos mais utilizados?

Agora que você entendeu a diferença entre cada um dos modelos de se praticar Pilates, conheça alguns dos aparelhos mais utilizados e que podem fazer a diferença em seu Studio. Eles trazem mais modernidade e resultados para os seus pacientes.

Cadillac

É considerado o equipamento mais tradicional do método, sendo nomeado pelo próprio Joseph. Com ele, é possível fazer uma série de exercícios. Pode ser encontrado com os nomes de Trapézio, Mesa Trapézio ou Mesa de Trapézio.

O equipamento é formado pelos seguintes itens:

  • barra de roll down;
  • barra de apoio;
  • alças;
  • trapézio;
  • molas em aço-carbono;
  • cintos de segurança.

O Cadillac é indicado para pessoas que tenham dificuldade em realizar movimentos no Pilates solo, além de ser muito requisitado para pacientes em fisioterapia e com mobilidade reduzida. Devido a sua grande capacidade de adaptação, qualquer pessoa pode utilizar o Cadillac.

Prancha de Molas

Esse equipamento é bastante compacto e não ocupa muito espaço. Criado pela professora Ellie Herman, ele é bastante utilizado para fortalecimento, equilíbrio, coordenação e força dos músculos corporais.

Muitos studios investem nesse equipamento pelo fato de ele ocupar menos espaço e, ainda assim, permitir uma série de movimentos. Além disso, é possível instalar diversas pranchas em uma única parede, otimizando o espaço do estúdio. A troca de molas é feita de forma muito simples, permitindo que diversos tipos de alunos podem usufruir desse aparelho.

Sua utilização é bastante indicada para iniciantes e atletas/pacientes que estejam sob reabilitação. Com isso, o seu studio terá uma variedade maior de clientes, atendendo não apenas alunos saudáveis, mas também sendo utilizado como um local para reabilitação (o que, inclusive, pode se tornar o seu diferencial na região).

Ladder Barrel

Nomeado assim por conta da sua similaridade com um barril e um espaldar em forma de escada. Ele é bastante utilizado para fazer treinos abdominais. A escada é ajustável ao tamanho da perna do aluno.

Ele permite uma grande diversidade de exercícios, porém tem foco nos membros inferiores e na coluna, causando o fortalecimento dos extensores e flexores da coluna vertebral e quadril dos alunos.

Reformer

Com a premissa de “reformar o corpo” dos praticantes, o Reformer pode ser utilizado para uma série de exercícios em Studios de Pilates. Ele é constituído por molas, alças e um carrinho deslizante, elementos que permitem a diversidade de atividades com o equipamento.

Reformer Torre

Apesar de ser parecido com o equipamento anterior, a Reformer Torre conta com uma torre, na qual podem ser realizados exercícios feitos no Cadillac. Uma das grandes vantagens desse aparelho é a possibilidade de realização de movimentos dos dois equipamentos em um.

Step Chair

É um equipamento parecido com uma cadeira, mas que tem duas bengalas de apoio em suas laterais. Podem ser executados diversos movimentos para mobilidade articular, estabilização pélvica, alongamento, entre outros.

Wall Unit

Esse equipamento é uma alternativa mais barata e menor do que o Cadillac. Com ele, é possível fazer a maioria dos exercícios possível no aparelho tradicional. Uma prática bastante comum em Studios de Pilates é ter mais de um Wall Unit, permitindo que sejam feitas aulas em grupo com o aparelho.

Para quem é indicado?

A utilização de aparelhos é mais indicada para iniciantes e pessoas idosas ou com lesões, já que a execução dos exercícios é mais fácil. Com certa experiência, é possível partir para os exercícios no solo.

Entretanto, qualquer pessoa, independente de idade, altura ou peso, pode fazer Pilates. O importante é sempre ter o auxílio de um instrutor que dará orientação sobre quais os melhores exercícios e métodos para você.

Assim, entendendo as diferenças entre o Pilates solo e com a utilização de aparelhos, além de conhecer os principais aparatos presentes no método, você poderá oferecer maiores possibilidades para seus alunos de se exercitarem.

Está em dúvida sobre quais aparelhos comprar e onde os colocar? Então, acesse o nosso simulador de estúdio e planeje o seu espaço!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

(85) 99755-1117