5 dicas para criar diferenciais competitivos e se destacar no mercado de Pilates

6 minutos para ler

Devido à busca por uma melhor qualidade de vida e ao envelhecimento da população, o mercado de fisioterapia e Pilates tem crescido e vem ganhando visibilidade. Dessa forma, há uma grande oferta de emprego e alta procura por profissionais bem qualificados e com diferenciais competitivos

Com isso, o mercado não tem conseguido absorver todos esses profissionais, fazendo com que a concorrência seja muito grande. Porém, podemos ver que aqueles que continuam os seus estudos após a faculdade têm se diferenciado e conquistado vagas. Desta forma, veja, a seguir, como se destacar no mercado de fisioterapia. 

Saiba a importância do aprendizado como um diferencial competitivo

Ao iniciar o curso de fisioterapia, você precisa fazer todos os esforços para que seu aprendizado seja de alta qualidade, independentemente da faculdade. É por isso que dizem que quem faz a universidade é o aluno: o seu conhecimento depende muito mais da sua vontade do que do curso. 

Lembre-se de que as universidades públicas e privadas formam novos profissionais todos os anos, que serão seus concorrentes a um emprego. Porém, um fisioterapeuta bem formado e que continua os seus estudos consegue construir uma carreira sólida em qualquer lugar. Afinal, seu mercado é abrangente, com possibilidades de atuar em empresas, hospitais, clínicas, consultórios, academias etc. 

No entanto, não é somente o mercado que tem sido exigente: os clientes também querem se tratar com pessoas que saibam realmente o que estão fazendo — fisioterapeutas que tenham cursos de especialização, pós-graduação e até doutorado, compromissados com o trabalho, com habilidades para aprimorar a relação paciente x profissional e que ofereçam um atendimento com acolhimento. 

Veja como criar diferenciais competitivos

1. Frequente eventos sobre fisioterapia e Pilates 

Como a graduação é o primeiro passo, é indicado participar de eventos sobre fisioterapia e Pilates para começar a se especializar. Isso permitirá um conhecimento mais específico sobre o tema, auxiliando na sua base profissional. 

Aproveite, também, para estudar sobre outras áreas semelhantes, de maneira que complementem a sua educação para prestar uma melhor assistências aos pacientes. Outro detalhe importante é entender sobre gestão, visando ampliar seu rol de serviços. 

2. Assista a webinars e consuma conteúdos atuais 

Segundo projeções do Cisco, até 2020, mais de 80% de todo o tráfego na internet será por meio de vídeos. Então, por que não utilizar os webinars e demais conteúdos para se aperfeiçoar? Tenha em mente que a informação se tornou um produto e sinônimo de redução de tempo, e que, nos dias atuais, vale muito dinheiro. 

Empresas e profissionais têm apostado no consumo de informações por vídeos usando a tecnologia de streaming, que conecta você a colaboradores, parceiros e clientes, compartilhando conhecimento. 

3. Realize a sua capacitação profissional e aposte em especializações 

Se você for um fisioterapeuta que tenha uma clínica, academia ou outro tipo de estabelecimento, é primordial promover a capacitação profissional e especialização para os seus colaboradores, porque serão eles que estarão diretamente com os pacientes fazendo os tratamentos necessários. 

Crie uma semana de aperfeiçoamento ou ofereça cursos online, para que os funcionários possam realizá-los em suas casas. Use a tecnologia a favor do conhecimento, para que todos saiam ganhando com uma melhor qualificação. 

4. Invista em marketing 

Com a concorrência em alta, é importante investir no marketing — principalmente no meio digital — para agregar valor à sua estratégia e atingir um público mais específico. Use as redes sociais e blogs, e desenvolva conteúdos em vídeo, aproveitando o crescente número de pessoas que os assistem. Mescle textos no blog com vídeos ou crie um canal no YouTube. 

Mostre sua autoridade sobre o assunto e promova o engajamento inserindo perguntas nos comentários do post, vídeo ou webinar, para serem respondidas pelo seu público. Isso ajuda a concretizar as conversões. 

Alimente sua lista de e-mails, aumentando os leads para interagirem com seu blog, site, redes socais e canal, e selecione um público potencial para oferecer a eles a solução de seus problemas. 

Assim, você conseguirá direcionar os clientes ao funil de vendas para convencê-los sobre a necessidade de comprar o seu serviço. O webinar funciona bem nessa etapa, eliminando qualquer dúvida que o consumidor tenha. 

5. Estude os concorrentes 

Muitos profissionais de fisioterapia e Pilates entram no mercado todo ano, mas isso não quer dizer que faltarão pacientes. Pelo contrário, você pode trabalhar com setores ainda pouco explorados, como:

  • fisioterapia pélvica — que auxilia as mulheres a não reter urina;
  • fisioterapia para regiões lombares — que trata das dores comuns às pessoas, que não são estimuladas a procurarem por ajuda profissional;
  • neuropediatria — para auxiliar no desenvolvimento da criança com a estimulação da fisioterapia.

Vendo por esse ângulo, não há necessidade de temer os concorrentes. Porém, você não pode achar que descobriu a mina de ouro, pois outros a encontrarão também. 

Desse modo, analise as competências empresariais dos concorrentes para saber qual é a direção que estão tomando, como estão reagindo e como são as respostas deles dentro do mercado. Deve haver um planejamento para o futuro, e isso pode ser percebido por meio de informações na imprensa, reportes anuais e ao observar a tendência que estão traçando. 

Pense como um atirador de elite: ele não mira onde o alvo está quando em movimento, mas onde ele estará — pois a bala vai demorar segundos até chegar a ele. Da mesma forma, os concorrentes já sinalizaram as oportunidades de negócios abandonando algum segmento ou se omitindo a atendê-lo. 

Por ser dinâmico, o mercado reage às mudanças a todo momento. Por isso, tenha um planejamento de reajuste de preço e invista em marketing, pois um novo concorrente pode aparecer e provocar instabilidade. Veja, também, como o outro profissional responde aos problemas e pense em como você agiria no lugar dele. Analise a sua movimentação e reavalie os seus planos para que estejam sempre consistentes. 

Entenda que é de suma importância ter diferenciais competitivos para se destacar no mercado de fisioterapia e Pilates. Dessa maneira, esteja atento à concorrência e ao seu aperfeiçoamento profissional, invista em marketing e use a tecnologia como grande parceira. 

A desinformação costuma ser o fator que mais rouba clientes. Portanto, assine a nossa newsletter para ficar bem informado e transmitir esses conhecimentos aos seus pacientes e colaboradores!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

(85) 99755-1117